quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

O emblema da Seicho-No-Ie


A parte externa do emblema, em forma de círculo, representa o Sol, do qual saem 32 raios simbolizando a luz que tudo ilumina. A parte inferior é constituída pela lua e, no centro, por uma estrela. Os três astros reunidos harmoniosamente simbolizam o Universo. Deus é a lei fundamental que criou todo o Universo e tudo é regido por suas leis. A Seicho-No-Ie é a manifestação do mundo da realidade absoluta (Imagem Verdadeira) por Ele criado, e por esse motivo estão expressos em seu emblema o Sol, a Lua e a estrela. O Sol representa também o xintoísmo, religião tradicional do Japão, anterior ao budismo. O xintoísmo clássico japonês venerou a Deusa Amaterasu, deusa do Sol. A forma circular indica ainda a Grande Harmonia, isto é, o espírito que se harmoniza com todos.
A lua representa o budismo, porque este prosperou grandemente no país denominado Lua (Guashikoku) – região Oeste da China e que alastrou aos extremos Sol e Norte no Século II. No budismo a Lua é um símbolo com importante significado, pois Buda frequentemente a ela se referia para esclarecer seus ensinamentos: “Pensais que a Lua morre quando se esconde no monte Shumi? Não. Ela aparentemente desaparece sob a sombra do monte, mas sua existência é eterna”; “Quando a Lua se apresenta no quarto-minguante, não supondes que ela foi fragmentada; a verdadeira Lua permanece esférica e perfeita. Assim é a Perfeição Interior (Imagem Verdadeira)”.
Note-se também que a Lua tem o formato de cruz gamada com as pontas direcionadas para o sentido horário. Atualmente a cruz gamada é adotada como símbolo do Budismo com as pontas direcionadas para o sentido anti-horário (antigamente era indiscriminado).
A Seicho-No-Ie usa a cruz gamada com o giro no sentido do movimento dos ponteiros do relógio porque representa a direção correta: o lado esquerdo avança enquanto o lado direito recua; o direito representa a força feminina (negativa); o esquerdo, a força masculina (positiva).
A estrela representa o cristianismo, pois, no dia do nascimento de Jesus Cristo, três sábios foram guiados até ele por uma estrela milagrosa. Por outro lado, a estrela do emblema é cruciforme, com oito pontas formando ângulo de 45°, as quais correspondem aos pontos cardeais e colaterais da Terra convergindo para um único centro. A cruz expressa a não existência da carne, da matéria; o “X” para anular as coisas fenomênicas. Jesus deixou-se pregar na cruz e ressuscitou como Cristo para revelar à humanidade que o corpo carnal não existe originariamente, e que somente a vida de Deus é existência verdadeira. O emblema da Seicho-No-Ie traz os símbolos das três grandes religiões do mundo – cristianismo, budismo e xintoísmo – para exprimir a unicidade da essência dos ensinamentos religiosos: todas as religiões contêm na essência uma única Verdade. E a missão da Seicho-No-Ie é transmitir essa Verdade única, vivificando e esclarecendo os ensinamentos tanto de Cristo quanto de Buda ou do Xintoísmo. Estes são os significados que encerra o emblema da Seicho-No-Ie. (Fonte: Manual do Divulgador – SEICHO-NO-IE DO BRASIL).

A origem do emblema da Seicho-No-Ie

Este emblema não foi criado através de alguma ideia humana. Quando a Seicho-No-Ie se expandiu na cidade de Osaka, foi fundada uma sede regional de adeptos e eleito como presidente o sr. Kanjiro Kadowaki, um fervoroso e grande estudioso do budismo. Pesquisando o budismo, ele encontrou muitos pontos de difícil compreensão, por se tratar de uma doutrina realmente complicada. Quando, porém, o sr. Kadowaki adquiriu e leu o livro A Verdade da Vida, compreendeu muito bem a Verdade pregada pelo budismo, a qual, até então, não conseguia entender. Ao perceber que tal livro continha palavras de Sakyamuni escritas em linguagem moderna, foi tomado de profunda emoção e, quando praticou a Meditação Shinsokan, orou fervorosamente o seguinte: “Deus, se for Sua vontade, faça com que eu visualize a imagem do Deus que transmitiu os ensinamentos contidos no livro A Verdade da Vida”.
O sr. Kanjiro Kadowaki, com os olhos fechados, visualizou um azul intenso, igual ao do céu límpido, e a imagem da “Deusa do amor” do budismo, que se chama Kanzeon Bosatsu.
No cristianismo, Deus Se manifestou com a imagem masculina de “Pai do céu”, mas, no budismo, o mesmo Deus Se manifestou em forma de mulher, como Deusa do Amor.
O sr. Kadowaki visualizou a Deusa do Amor segurando na mão esquerda um botão de lótus prestes a desabrochar. Por ter visto essa imagem, ele foi à minha casa, que na época ficava na vila Sumiyoshi (hoje, cidade de Kobe), e, após relatar-me a experiência da visão espiritual durante a Meditação Shinsokan, perguntou-me:
-Deus que se manifesta através da Seicho-No-Ie é de fato Kanzeon Bosatsu?
-Deus não tem forma, mas manifesta-Se de diferentes formas de acordo com a pessoa que O visualiza. Se Ele achar que a imagem de Kanzeon Bosatsu aprofundará a fé da pessoa, manifestar-Se-á como tal – respondi.
(TANIGUCHI, Masaharu. A filosofia da Verdade que Gera Milagres. Vol. 1. 1ª Ed. São Paulo: Seicho-No-Ie do Brasil, 1994, cap.4. p. 113).

Kanzeon Bosatsu aparece com o emblema da Seicho-No-Ie que simboliza a identidade de todas as religiões na sua essência

Quatro anos após esse episódio, mudei-me da província de Hyogo para Tóquio. Com o movimento centralizado em Tóquio, a Seicho-No-Ie começou a se desenvolver cada vez mais e pensei em criar um emblema.
Havia muitos artistas adeptos da Seicho-No-Ie e, dentre eles, encontrava-se o prof. Yatsuharu Yamane, eminente escultor, que na época integrava o corpo de jurados nas exposições de esculturas realizadas pelo governo. Solicitei a ele o desenho de um emblema para a Seicho-No-Ie que simbolizasse a identidade de todas as religiões na sua essência.
O prof. Yatsuharu Yamane criou sete modelos e os levou a mim. Dentre os sete, escolhi este, que considerei ser o melhor, e ele se tornou o emblema efetivo.
Definido o emblema, mandamos fazer distintivos de metal em relevo para os adeptos usarem na lapela. E enviamos algumas centenas ao presidente da Federação dos adeptos da Seicho-No-Ie em Osaka, sr. Kanjiro Kadowaki, que citei há pouco, solicitou-lhe que distribuísse aos adeptos que o desejassem.
O emblema nos distintivos usados pelos dirigentes da Seicho-No-Ie têm cores diferentes dos usados pelos adeptos em geral, para que possamos distinguir as pessoas que trabalham na Sede Central. Mas as cores verdadeiras são as que constam no emblema exposto no palco do auditório.
O sr. Kanjiro Kadowaki, ao olhar os distintivos que a Sede Central lhe enviara, pensou: “já vi este emblema, há muito tempo”. Lembrou-se de que, quatro anos antes, quando pedira a Deus que lhe mostrasse a imagem de Deus que Se manifesta através da Seicho-No-Ie, Kanzeon Bosatsu aparecera usando uma coroa em cujo centro havia este mesmo emblema. Então ele sentiu que realmente Kanzeon Bosatsu era o Deus que Se manifesta através da Seicho-No-Ie, pois quatro anos antes de surgir o emblema neste mundo, ela já o usava.
(TANIGUCHI, Masaharu. A Filosofia da Verdade que Gera Milagres. Vol. 1. 1ª Ed. São Paulo: Seicho-No-Ie do Brasil, 1994. cap. 4. p.114).

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Presidentes

Por uma vida de amor e não de temor



Olá, estimado internauta.

Reverências, muito obrigado.

Crises e conflitos marcam o mundo moderno. Dentre eles, há os choques entre religiões. Desde sua fundação, em 1930, a Seicho-No-Ie é não-sectária, ou seja, cremos e aplicamos a fé de que “todas as religiões emanam de um único Deus”. Deus de amor e, não, de temor.

Soluções para os conflitos nascem de cada um – A repressão pelo temor – seja temor dos problemas globais, imposto por certas denominações religiosas ou mesmo de cada um – gera comportamentos de autodefesa. O não-pensar no outro acaba gerando os conflitos, devido ao consumismo, materialismo, desigualdades e até desmatamento.

Números que podem ser revertidos por leituras sobre o amor e não sobre o temor – Atualmente, a Mata Atlântica possui somente 5% de sua formação original. A desigualdade mundial só cresce. Hoje, 82% da riqueza está nas mãos de apenas 1% da população. Esta situação pode começar a mudar pela eliminação do temor de cada um. Uma forma é ler boas palavras. Boa leitura gera autonomia, consciência, felicidade e um comportamento capaz de edificar nova realidade – individual e global. Seguem nossas sugestões. (LINK PARA LIVRARIA VIRTUAL).

Muito obrigado.

____________________________













Saiamos da prisão mental



Estimados internautas, muito obrigado. Neste ligeiro, mas engrandecedor encontro, deixo o link de uma palestra de nossos canais no Youtube com a temática sobre Leis Mentais (CLIQUE AQUI).

O mundo urbano cheira a medo e fumaça. Parece que o ato de orar entrou para a vida de muitos na busca por proteção divina, no dia a dia das cidades. Mas isso é crer no acaso e não na força da própria mente. A crença maior na matéria e não na origem primordial, é como atuarmos e pensarmos apenas como uma “fotocópia mal” tirada de Deus, sendo que O carregamos dentro de nós.

A mente atrai ou repele – Há muitos casos, na Seicho-No-Ie, de acontecimentos considerados milagrosos, diariamente. Porque cremos e estudamos as Leis Mentais. Uma delas, eu reforço: semelhante atrai semelhante.

Assim, purificando pensamentos e sentimentos, daremos nova direção mesmo a acontecimentos que não pareçam bons. Você estará dentro do Bem aonde estiver, ao se manter nele. E protegido também.

Palavras mudam tudo – Há a palavra falada, a pensada e a fisionômica. Cantar boas músicas, pensar o bem e sorrir são um bom começo para quem deseja se livrar de medos, angústias e doenças. As células respondem ao comando da mente. Os acontecimentos, também.

Quem somente reclama se desprepara para tudo quanto sonha – e se aprisiona naquilo que diz e, claro, naquilo que opta por fazer sem considerar o bem comum. Acione a grande força capaz de libertá-lo, mentalmente, de medos e outros problemas como nervosismo, estresse e preocupações: pratique meditação.

Na Seicho-No-Ie, indicamos a prática da Meditação Shinsokan. São milhares de casos comprovados de retorno à calma interior e à paz mental – e consequentemente proteção divina e destino feliz.

É a mania de julgar tudo e todos que condena – Fazemo-nos melhores pelo que decidimos, na mente. Porém, a oração, para ser mais eficaz, deve ser acompanhada de ações: caminhe, vá de bicicleta, elogie, produza uma horta ou um artesanato, entre para um coral, enfim, emancipe-se para muito além de todo o medo e das prisões mentais.

Você é filho de Deus e não apenas uma fotocópia ruim de seu Pai e Criador Supremo.

Muito Obrigado!

domingo, 31 de dezembro de 2017

Presidentes


Para um ano de 2018 realmente grandioso


Reverências! Muito obrigado.

Chegamos ao auspicioso mês de dezembro, em que encerramos um ano e estamos ás vésperas de iniciar um novo ciclo de vida. O ano de 2018 já está batendo á nossa porta, e com isso desenvolvemos o sentimento de grande esperança de que no próximo ano tudo melhorará. Na verdade, este modo de pensar é correto, pois aquilo que pensarmos e sentirmos é o que veremos espelhado em nossa realidade concreta. Devemos sempre pensar que as coisas irão realmente melhorar.

No entanto, também devemos refletir no fato de que somos, indubitavelmente, os responsáveis por esta melhora. Como filhos de Deus que somos, por meio de um instrumento chamado ‘mente’, comandamos nosso destino, quer acreditemos nisso ou não; quer saibamos disso ou não. Mediante este fato, além de pensarmos que o próximo ano será melhor, devemos nos responsabilizar por fazer do próximo ano um período melhor.

A mente é como um aparelho de rádio, que capta e emite ondas mentais. Elas são invisíveis aos olhos físicos, mas são corpúsculos que existem realmente. São emanações, coisas concretas, mas por serem invisíveis parecem abstratas e até existem pessoas que não acreditam ou não sabem da sua existência. Podemos comprovar sua existência pelo fato de podermos ouvir músicas pelo aparelho de rádio ou ver programas pela televisão. Tudo isso só é possível porque estes programas são transmitidos por ondas invisíveis. O celular também funciona por este princípio.

Por meio da sintonização do nosso ‘rádio’ chamado mente, com determinadas ondas que existem no Universo, é que comandamos o nosso destino. Se possuirmos uma mente positiva, sintonizaremos com ondas positivas, e estas ondas projetarão imagens felizes e positivas em nossa vida. Porém, o contrário também acontece. Se nossas ondas mentais sintonizarem ondas mentais negativas, que também estão vibrando em toda parte, então reproduziremos uma realidade não positiva. Precisamos, pois, pensar seriamente sobre este aspecto e procurar meios de estabelecer somente uma sintonia positiva. No Livro dos Jovens, escrito pelo Mestre Masaharu Taniguchi, fundador da Seicho-No-Ie, encontramos o seguinte trecho:

“As ‘infinitas coisas boas’ do Mundo da Imagem Verdadeira compreendem a força infinita, a Vida infinita, a alegria infinita, o amor infinito, a sabedoria infinita, a provisão infinita, etc., que são ‘programas’ transmitidos por Deus. Ao lado das ondas destes ‘programas’ coexistem ondas de tristeza, de ódio, de ciúme, etc., emitidas pelas mentes das pessoas...

Entretanto, como o aparelho receptor desses ‘programas’ é a nossa mente, é necessário que ela esteja bem regulada e tenha boa sensibilidade. Além disso, precisa estar treinada para sintonizar, conscientemente, com quaisquer frequências. Assim como num rádio perfeito o seletor de frequência gira facilmente para qualquer dos lados para sintonizar com qualquer frequência, devemos ser capazes de controlar livremente a nossa mente, de modo a sintonizá-la com aquilo que desejamos.

Mudando a frequência de nossa mente, podemos concretizar a felicidade sem sairmos do ambiente em que nos encontramos.”

Na Seicho-No-Ie aprendemos diversos métodos que interferem positivamente em nossa mente, fazendo-a vibrar com elevada frequência, sintonizando o Bem. Estes métodos são a Meditação Shinsokan, a leitura dos livros e sutras sagrados, o sorriso constante, a fisionomia alegre, a empatia com todos os nossos semelhantes e demais seres vivos, a boa vontade em trabalhar para o bem do todo, a palavra positiva pensada, falada e escrita, entre outros. Os elogios, o ato de expressar o amor abertamente e pensar bem das pessoas ao redor, são também meios de manter a mente sintonizada com a Mente de Deus.

Vamos treinar com mais afinco o modo de viver colocando estes itens em prática, todos os dias, sem falta. Estas pequenas interferências positivas produzirão um ano grandiosamente positivo e cheio de realizações.

Desejo-lhe um ano de 2018 realmente positivo!

Muito obrigado.

____________________________













Refletindo sobre o valor da vida e das oportunidades

Á todos, reverências.

Muito obrigado.

A grande lição que cura nossos problemas emocionais, que restaura nossa saúde física e restitui nossas prosperidade e alegria, ensinada pela doutrina da Seicho-No-Ie, é a prática constante da gratidão. Devemos ser verdadeiramente gratos por todas as oportunidades que a Grande Vida nos dá. A oportunidade de nascermos neste planeta, na época atual e, ainda, conhecendo o ensinamento da Seicho-No-Ie, que confere grande significado á nossa vida, são todos motivos de grande gratidão.

As oportunidades a nós concedidas são muito importantes, pois cada uma delas abre caminhos para evoluirmos, crescermos, progredirmos e acumularmos novos conhecimentos. Até mesmo as situações difíceis, que chamamos de dificuldades, são oportunidades de buscarmos em nosso interior os recursos para sobrepujar esta situação e agregar valor á nossa vida. A existência de cada pessoa, de cada ser vivo e até de cada ser inanimado, possui um grande valor. Ou melhor, possui valor imensurável, infinito. Isso porque todos trazem em si a Vida de Deus Criador, cujo valor transcende qualquer coisa material que conhecemos. A vida é a coisa mais preciosa que recebemos de Deus, por meio de nossos pais e antepassados, e por isso devemos zelar por ela com todo amor.

Começar mais um ano é iniciar mais um ciclo de vida. Mais uma sequencia de oportunidades para crescer, aprender, amar e reverenciar esta vida recebida. Devemos pensar, neste fim de ano, nas inúmeras situações que nos ocorreram e verificar o quanto aprendemos com essas experiências.

No livro “Preceitos para Aprimoramento Diário”, de autoria do Mestre Seicho Taniguchi, no preceito do dia 01° de janeiro, temos:

“Neste dia, damos o primeiro passo para a renovação. O ser humano renasce a cada ano, porque não faz sentido viver sempre da mesma forma. Se tudo for repetição do ano anterior, este ano será inútil. A vida não é inútil, de modo algum; cada dia é muito valioso e deve ser vivido plenamente. Por isso, após o transcurso de um ano, tudo se renova. E, nesse processo, o ser humano manifesta cada vez mais a sua natureza divina. Ele progride após treinamentos e alcança um nível mais alto. Torna-se capaz de resolver com facilidade problemas difíceis e se aprimora em todas as áreas de tecnologias. O dia 1° de janeiro é o dia memorável de dar o primeiro passo. Avancemos alegremente, a partir de hoje, deste momento.”

Ainda temos o mês de dezembro para pensarmos nas mudanças interiores que precisam ser feitas para aceitarmos definitivamente nossa filiação divina e manifestá-la plenamente. Vamos aproveitar estes dias para analisar honestamente a nós mesmos e verificar em que pontos precisamos corrigir os rumos de nossos pensamentos, sentimentos e ações para darmos uma guinada positiva em nosso destino. Deus nos conduz neste caminho de ascensão para que possamos estar cada vez mais sintonizados com a Sua Vontade e sermos cada vez mais felizes.

Próspero Ano Novo!

Muito obrigado.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Presidentes












A salvação individual e planetária encontrada nas Academias de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie


Reverências, muito obrigado.

É uma alegria e um prestígio receber os senhores, senhoras e jovens internautas, em nosso website. Muito obrigado pela visita!

Saúdo, em especial, aqueles que já tiveram ou ainda terão a experiência de visitar e participar de uma atividade nas academias de treinamento espiritual da Seicho-No-Ie. Se você pretende transformar sua vida para melhor, continue nesta leitura e depois compartilhe com seus amigos.

Neste mês de abril de 2017, vivemos especiais momentos na Academia Sul-Americana de Treinamento Espiritual de Ibiúna/SP. A Festividade do Santuário Hoozo, a Cerimônia aos Anjinhos Anônimos e o advento da Casa de Orações, transformam a pioneira das academias brasileiras em uma usina espetacular de esperança e salvação.

As múltiplas atividades abrem portas aos destinos dos indivíduos, e também à coletividade, à atmosfera e às gerações futuras. Nas academias, aprendemos os fatores que nos conduzem à felicidade, conforme explica o Prof. Masaharu Taniguchi, à página 160, da obra Viver Junto com Deus: A Verdade em 365 Preceitos (2000, 1ª ed.): "1) força da Palavra; 2) força da mente; 3) força da ação. Não haverá desejo que não se concretize se a palavra, a mente e a ação convergirem para a realização de uma meta" (CLIQUE AQUI PARA VER MAIS TÍTULOS DA SEICHO-NO-IE À SUA DISPOSIÇÃO).

Antes de conhecerem uma academia da Seicho-No-Ie, muitas pessoas se lamentam porque se julgam pobres de espírito a ponto de não terem o que doar. No entanto, nas academias descobrem que podem reverenciar e agradecer às outras pessoas, e isso se torna uma imediata riqueza para quem recebe. Ou seja, todos, como filhos de Deus, temos o infinito bem para doar ao próximo.

Especialmente na Academia de Ibiúna, que detém o certificado ISO 14.001 (exemplo de gestão ambiental), tem placas fotovoltaicas, horta orgânica, coleta seletiva, compostagem e uma série de itens de profundo respeito à Vida de Deus, quem ali decide vivenciar e aperfeiçoar a sua espiritualidade, ilumina não apenas a si e à sua família, mas ajuda a irradiar, a todo o planeta, a prática do desenvolvimento em conjunto com a natureza.

Envio minha gratidão a todos que atuam em prol das atividades das academias de treinamento espiritual da Seicho-No-Ie, em todo o Brasil (CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS SOBRE NOSSAS ACADEMIAS E DE COMO PARTICIPAR).

E deixo um convite especial a todos os internautas: venham conhecer as academias. Reservem um final de semana, ou até mais dias, para viver uma experiência com Deus do seu interior e com a Vida que pulsa triunfante na natureza.

Nesse ensinamento de harmonia, o despertar interior e a prática da reverência à Vida, em todas as suas manifestações, culminam no encontro da felicidade individual, familiar e planetária.

Novas reverências, muito obrigado.

____________________________











Festividade do Santuário Hoozo e Internet: recursos comunicacionais ampliados, mas sempre com o primordial sentimento de gratidão aos antepassados.

Reverências, muito obrigado.

Caro internauta. Abençoado seja seu olhar, nesta página de nosso site.

Nas próximas linhas, saberemos como os espíritos de nossos antepassados podem ser abençoados também por meio das facilidades da internet.

Mas quero começar dando-lhe o link para a Mensagem do Dia (CLIQUE AQUI E LEIA NOSSA BREVE, MAS RECONFORTANTE MENSAGEM DO DIA).

Neste mês de abril vivemos, mais uma vez, como todos os anos, a Festividade do Santuário Hoozo do Brasil. Trata-se da convergência dos mais sinceros esforços da Família Seicho-No-Ie a fim de lotar as dependências da Academia Sul-Americana de Treinamento Espiritual de Ibiúna (SP), com o objetivo de orar para os antepassados e entes queridos que já partiram para o mundo espiritual, por meio da leitura da Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade, conforme explica o Preletor Junji Miyaura em sua obra Os Cinco Corpos do Ser Humano, 1ª ed., página 46.

Funciona assim. A divulgação dos registros espirituais, que são os papéis nos quais almas, famílias e anjinhos vitimados por aborto são inscritos e depois consagrados, ocorre durante o ano todo. Diariamente, também ao longo dos 365 dias do ano, as almas consagradas recebem cinco orações dos Preletores Oficiantes da Academia de Ibiúna/SP (CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS SOBRE A ACADEMIA DE IBIÚNA).

A demonstração de gratidão aos antepassados é um dos pilares da felicidade. Por isso, divulgamos incansavelmente a metáfora da árvore: os galhos e frutos somos nós, nossos pais representam o caule e nossos antepassados são as raízes. Se as raízes não são regadas, dificilmente a árvore terá um crescimento saudável e satisfatório.

O inverso também é verdadeiro: se manifestamos gratidão às almas que deram origem à nossa vida, naturalmente a nossa vida e a de nossos descendentes recebem graças, bênçãos e até fatos milagrosos.

Com o advento da Internet, quem não pode assistir presencialmente às cerimônias, em Ibiúna/SP, pode ir a um Núcleo ou sede regional que esteja recebendo o sinal via internet.

E mais: também via internet, as pessoas podem encomendar os registros espirituais (CLIQUE AQUI PARA FAZER SUA SOLICITAÇÃO DE REGISTROS ESPIRITUAIS). Assim, recebem os registros no conforto de suas casas e depois reenviam ou levam até uma sede mais próxima, a fim de que seus antepassados inscritos tenham seus nomes consagrados nas cerimônias da Festividade.

Para encerrar, deixo, abaixo, algumas perguntas e respostas rápidas sobre a grandiosidade da Festividade do Santuário Hoozo do Brasil:

- O que acontece com um espírito que está sofrendo em ilusão no mundo espiritual, ao ter seu nome evocado para a festividade? O espírito fica feliz e passa a evoluir rapidamente. Uma luz o envolve e, qualquer que seja a situação em que ele se encontre, ele é resgatado.

- Qual deve ser a atitude mental de quem preenche um registro espiritual em prol de um ente querido? Deve ser de profunda sinceridade e amor. Caso haja algum resquício de crítica mental, culpando o espírito por isso ou aquilo, somente o ato formal de preencher o registro não proporciona a salvação.

- Por que ocorrem tantas curas e outras bênçãos para as pessoas que participam da Festividade e/ou enviam registros espirituais? Os participantes levam seus sentimentos mais nobres até a Festividade. O desprendimento de se deslocar até Ibiúna/SP para dedicar orações faz com que a lei do "Dá e Receberás" passe a agir. A pessoa, ao doar devoção, é retribuída pelos antepassados na mesma medida, de modo natural. Com o recurso da internet, vale também a sinceridade de expressar sua gratidão.
- O que é essencial no processo que envolve a Festividade do Santuário Hoozo? Em primeiro lugar, deve estar sempre bem viva a consciência da importância de agradecer aos nossos antepassados.

Novas reverências, muito obrigado.


domingo, 12 de março de 2017

Presidentes


Março, mês de comemoração do Dia da Seicho-No-Ie: momento para renovar decisões individuais e junto às futuras gerações

Reverências, muito obrigado.

Estimado internauta! Bem-vindo a nossa conversa mensal, aqui no website. Março é sempre um mês especial para todos, pois traz consigo uma espécie de renovação do ano que já se iniciou em janeiro. Por isso, de cara, deixo o link para nossa Mensagem do Dia(CLIQUE AQUI), sempre com uma grande força renovadora de ânimos, em breve palavras.

Foi no mês de março que a Seicho-No-Ie foi fundada pelo Prof. Masaharu Taniguchi, no ano de 1930. Especificamente, no dia 1º. Desde então, a força de seus escritos salva pela simples leitura.

Por que essa expressão "salvo pela simples leitura" é recorrente, dentro da Seicho-No-Ie?

Desde o começo do movimento, o caráter espontâneo de seu surgimento explica a razão pela qual a Seicho-No-Ie evita proselitismo, ou seja, autopromoção exacerbada. O motivo disso é que, desde que foi fundada, leitores dos escritos do Prof. Masaharu Taniguchi tinham suas vidas modificadas, doenças curadas, famílias reconstruídas, e toda uma série de bênçãos, a partir da leitura de uma revista lançada no dia 1º de março de 1930, justamente denominada Revista Seicho-No-Ie (para saber mais SOBRE A SEICHO-NO-IE, CLIQUE AQUI).

Por que os escritos da Seicho-No-Ie tinham, e continuam a conter palavras que iluminam a vida dos leitores?

Porque despertam o ser humano para sua natureza divina de filho de Deus, que originalmente é livre de pecado, doença e morte. A partir da visualização da sua própria natureza divina, todos podem manifestar uma vida livre das ilusões mentais que geram mal destino e fatos negativos. Deus não criou nada ruim e o que parece ser ruim, na verdade são ilusões criadas na nossa mente e, por isso, se fixarmos nossa mente somente nas coisas boas, um destino feliz se manifesta naturalmente.

Um ponto importante da Seicho-No-Ie a ser destacado por ocasião deste mês de março de 2017, é o ensinamento de que todas as religiões emanam do Deus Universal.

A questão pode ser compreendida, em seu cômpito mais profundo, ao lermos detidamente o que diz o Prof. Masanobu Taniguchi, Supremo Presidente da Seicho-No-Ie, à página 39 da obra Caminho da Paz pela Fé (1ª ed., 2004): "O argumento do ensinamento de que todas as religiões emanam do Deus Universal defendido pela Seicho-No-Ie reconhece que, no âmago do objeto de adoração das numerosas religiões que assim vieram surgindo, há um princípio de salvação, comum à humanidade toda, e almeja fazer desaparecer da face da Terra as discórdias inúteis entre as religiões, pela conscientização desse fato por parte de grande número de fiéis das religiões" (CLIQUE AQUI PARA ACESSAR NOSSA LIVRARIA VIRTUAL, e saber mais a respeito deste tópico importante).

A Seicho-No-Ie pode ser vista como uma religião, mas também como uma filosofia. Esse aspecto que abarca generosamente a toda a sociedade faz com que o movimento seja reconhecido por várias instâncias de governos estaduais e municipais, recebendo homenagens anuais em assembleias legislativas e câmaras municipais, tanto de parlamentos quanto do poder executivo, em todo o Brasil.

Desde o ano de 1993, o Movimento de Iluminação da Humanidade, forma como também é conhecida a Seicho-No-Ie, é também o Movimento Internacional de Paz pela Fé, encetando o nosso compromisso com as futuras gerações, no que tange a ações que evitem o aquecimento global. Nesse sentido, a Sede Internacional, localizada no Japão, dá o exemplo e orienta aos adeptos e simpatizantes de todo o mundo para tomarem ações, em seus cotidianos, que colaborem com a construção de uma sociedade que cresce em conjunto com a natureza.

A reverência à vida é um ato religioso que leva o indivíduo a uma conscientização de que tudo é Vida de Deus. Isso nos leva a respeitar a natureza, seja esta natureza reverenciada um ser animado ou inanimado, pois entendemos que tudo é criação de Deus.

Desta feita, naturalmente passamos a adotar um estilo de vida em que se respeita e agradece à natureza, seja reciclando os recursos disponíveis, seja preparando as refeições com os produtos locais, até mesmo andando de bicicleta para evitarmos a emissão ainda maior de dióxido de carbono, coletando a água da chuva ou colocando painéis de energia solar nos telhados das nossas casas para aproveitar essa graça imensurável que o Sol e a natureza nos proporcionam. Essas práticas, nós as fazemos não porque seja apenas uma atividade ecológica, mas por entendermos que elas servirão para respeitar e reverenciar todo o universo numa vida religiosa que cresce em conjunto com a natureza.

Para finalizar, estimado internauta, neste mês de março de 2017 convido-o a navegar por mais seções de nosso website, como neste link que remete à Política Ambiental da Seicho-No-Ie do Brasil (CLIQUE AQUI).

Novas reverências, muito obrigado.

____________________________












Março, o mês consagrado que antecede a Festividade do Santuário Hoozo

Sempre no segundo final de semana de abril, a Família Seicho-No-Ie acende uma nova vela pela alma humana, entoa o hino de gratidão aos espíritos dos antepassados e varre o choro de alguns espíritos em ilusão, fazendo da Academia de Ibiúna a Pátria dos que não nasceram, e o doce ponto de encontro para se dar um abraço nos que se sentiam esquecidos.

A 61.ª Festividade do Santuário Hoozo do Brasil e a 33.ª Cerimônia no Monumento aos Anjinhos Anônimos dos Países Ibero-Americanos e África Latina (Presencial e Virtual) – CLIQUE AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES – é o mais importante evento do ano para a Seicho-No-Ie do Brasil, pois não pertence só a este plano, alcança espíritos de todas as origens e crenças, e celebra a Imortalidade da Vida que recebemos de nossos pais e antepassados.

O que é a Festividade – "A Seicho-No-Ie do Brasil realiza todos os anos, no mês de abril, a Festividade do Santuário Hoozo, que é uma grande festa espiritual, nas dependências da Academia Sul-Americana de Treinamento Espiritual, em Ibiúna (SP), com a finalidade de orar para os antepassados e entes queridos que já partiram para o mundo espiritual, por meio da leitura da Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade", assim explica em Os Cinco Corpos do Ser Humano, 1.ª ed., página 46, o autor Preletor Junji Miyaura.

Um evento de amor que dura o ano inteiro – A divulgação dos registros espirituais, que são os formulários nos quais almas, famílias e anjinhos vitimados por aborto são inscritos e depois consagrados, ocorre durante o ano todo. Diariamente, também ao longo dos 365 dias do ano, as almas consagradas recebem orações dos oficiantes da academia.

Nosso reconhecimento aos incansáveis companheiros de fé que promovem a Festividade, em todo o Brasil e em diversas regiões do mundo – Muitas pessoas têm parentes que partiram para o mundo espiritual com alguma ilusão, e também possuem antepassados de categorias espirituais elevadas que são nossos anjos protetores. Mas nem todas as pessoas têm a oportunidade de conhecer a Festividade e enviar seus registros espirituais.

Por isso, neste mês de março, em que estamos na reta final para a próxima edição do evento, agradeço às lideranças e aos adeptos que estão ampliando seus esforços de divulgação.

Por meio desse sagrado ato de manifestação de gratidão, a pessoa leva Luz às almas que necessitam, e sintoniza melhor com as vibrações de proteção dos espíritos elevados que figuram entre seus antepassados.

A importância deste trabalho é tão grandiosa quanto a eternidade, e tão sublime quanto o Amor que Deus dedicou aos homens quando criou o mundo. Esforcemo-nos ainda mais nesta linda jornada em prol da salvação da humanidade.


Muito Obrigado!



sexta-feira, 3 de março de 2017

Presidentes


Presidente Doutrinário da 
SEICHO-NO-IE para a América Latina

Preletor Fumio Nishiyama

A importância dos seminários de treinamento espiritual


Reverências, muito obrigado.

Estimado internauta, é uma alegria ter você nos acompanhando neste espaço, através do qual, sempre numa conversa mais descontraída, trocamos uma ideia construtiva e com links úteis para o seu cotidiano. Por falar nisso, se você ainda não conhece a nossa página oficial do Facebook, CLIQUE AQUI e curta nossos conteúdos de boas palavras e grandes dicas diárias para levantar o ânimo e lhe apontar caminhos cada vez mais iluminados.

Nas palavras desta mensagem do mês de fevereiro de 2017, agradeço em especial a todas as pessoas que se esforçam para montar caravanas para os seminários de treinamento espiritual da Seicho-No-Ie, em uma das 7 Academias que temos no Brasil (CLIQUE AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES sobre nossas Academias de Treinamento Espiritual).

Se você já conhece e/ou atua como voluntário da Seicho-No-Ie, desejo que se mire no fervor dos coordenadores de caravanas, e, doravante, decidam, cada vez mais, se tornar seus "braços" direitos e esquerdos. Coordenador de Caravanas é aquela pessoa que divulga e organiza a ida de pessoas aos eventos das Academias.

Se você nos lê aqui pela primeira vez, não pense duas vezes: comunique-se com a sede Regional da Seicho-No-Ie da sua localidade e procure pelo Coordenador de Caravanas. Essa pessoa sempre tem um evento para lhe oferecer que pode mudar sua vida para muito melhor (CLIQUE PARA VER NOSSOS ENDEREÇOS e aquele que está mais próximo de você).

Mas o que de tão maravilhoso ocorre nos Seminários de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie, e o que você encontra lá?

São locais de vivências e exteriorização de nossa natureza divina, ou seja, passa-se de 2 a 10 dias, conforme o tipo de evento, praticando na essência o modo de viver de filho de Deus. Com o passar das horas e dos dias, das palestras e das orações, e da reverência e agradecimento mútuos, dá-se um despertar espiritual que já modificou para melhor, a vida de milhares de participantes.

Não são locais somente da chamada salvação individual, mas também da vivência em que edificaremos, em conjunto com a natureza, uma nova civilização, baseada no respeito à vida de todos os seres vivos e aos recursos naturais, e a tudo como manifestação da Vida de Deus.

As academias de treinamento espiritual são os locais nos quais se manifesta a convicção de que, "sendo o homem filho de Deus, ao manifestar a sua natureza verdadeira, ele se revela livre de doença, de sofrimento, de morte, do pecado, de todas as espécies de infelicidade" (das Revelações Divinas, pág. 55, 1ª ed., 2012). (CLIQUE AQUI PARA ACESSAR NOSSA LIVRARIA VIRTUAL e conhecer nossos títulos iluminadores)

De nossos seminários, participam muitas pessoas que pertencem a outras denominações religiosas. Isso ocorre porque a Seicho-No-Ie transcende qualquer sectarismo religioso. É o ensinamento de que todas as religiões emanam de um único Deus Universal. Portanto, ir a um seminário de treinamento espiritual só amplia a percepção que cada um possui de sua própria forma de religiosidade.

Parabenizo, mais uma vez, aos coordenadores de caravanas e reafirmo o convite para que todos participem dos eventos nas academias de treinamento espiritual da Seicho-No-Ie.

Novas reverências, muito obrigado.

_________________________________
















Diretor-Presidente da
SEICHO-NO-IE do Brasil

Preletor Tuguio Teramae

É tempo de cura divina nas Academias de Treinamento Espiritual

As academias de treinamento espiritual da Seicho-No-Ie são berços de renascimento.

Como alguns possam imaginar, não é o lugar onde preces e lágrimas sensibilizam Deus. É o local que você vai para perceber que o Sagrado já o habita.

INFORME-SE AQUI SOBRE OS SEMINÁRIOS DE CARNAVAL em nossas academias, realizados no final deste mês de fevereiro.

Você sabe quem é você? – Nos seminários de treinamento espiritual você aprende a agir como quem de fato é. Quem é você?

Conforme a Bíblia Sagrada, você é filho de Deus (João 1:12), obra de Deus (Efésios 2:10), membro do corpo de Cristo (1Coríntios 12:27), completo em Cristo, nada lhe falta (Colossenses, 1:14) e santo (Efésios 1:1).

Você tem agido com todo esse poder que lhe foi concedido por Deus?

O filho de Deus tem poder de processar a cura divina – Nas academias da Seicho-No-Ie você não apenas se conscientiza de sua natureza divina, como também aciona seu poder de promover a cura divina, no sentido de vencer quaisquer problemas, seus e de seus familiares.

Em Conforme a Atitude Mental, v. 2: Mente e Doença, 2ª edição, de 2002, à página 110, o Prof. Katsumi Tokuhisa aponta o caminho para colocar em prática a cura divina, na condição de filhos de Deus:

"O que constitui a medula da cura divina são a autocura ao visualizar a si próprio como homem verdadeirocomo homem-Deus, perfeito, e a cura alheia ao visualizar o outro perfeito".

Em grande parte dos casos, ao invés de tomar a atitude mental de um filho de Deus, algumas pessoas atravessam seus dias distantes de sua fé, cheias das velhas dúvidas, e até mesmo desconfiadas se são merecedoras das bênçãos divinas.

Nos seminários, o início da prática começa a modificar tudo para melhor – Indo ao Seminário de Carnaval da Seicho-No-Ie, você reacende a Luz do Sagrado em sua mente. Pratica e aprende a substituir o espírito crítico e a negatividade por palavras amáveis, reverência mútua, gratidão e alegria.

Assuma o autocontrole, a autodisciplina e a autoconfiança, pois você é filho de Deus perfeito e nasceu para o sucesso, para a saúde e para a felicidade.

Tudo isso você encontra, em si mesmo, participando dos Seminários de Carnaval da Seicho-No-Ie.

Muito Obrigado!