Palavras dos Presidentes





Presidente Doutrinário para América Latina
  Preletor Junji Miyaura





Família Seicho-No-Ie mobiliza-se para viver o momento histórico do Grande Seminário



Reverências! Muito obrigado!

Lanço uma reverência de gratidão profunda aos líderes e adeptos que estão divulgando e trabalhando em prol de dois eventos de dimensões históricas que se avizinham no calendário.

O Supremo Presidente da Seicho-No-Ie, Professor Masanobu Taniguchi, e a Suprema Presidente da Associação Pomba Branca da Seicho-No-Ie, Professora Junko Taniguchi, orientarão uma Conferência para preletores e lideranças nos dias 26 e 27 de julho, no Palácio de Convenções do Anhembi, em São Paulo, e, no dia 3 de agosto, no Ginásio do Ibirapuera, aberto ao público em geral, será realizado o Grande Seminário da Seicho-No-Ie, nos moldes de como é organizado no Japão.

As máximas autoridades do Movimento assumiram seus postos em 2009 e nesse mesmo ano orientaram o Curso Internacional da Seicho-No-Ie pela Paz Mundial – Brasil 2009, e a Convenção Nacional da SEICHO-NO-IE DO BRASIL.

Naquela ocasião nos premiaram com conhecimento, preciosas orientações e até momentos de “brasilidades”, como quando se permitiram ser “abraçados” pelo calor humano e dos trópicos durante sua estada no Estado do Pará. Ao conhecerem a Academia da Seicho-No-Ie da Amazônia, quebraram protocolos, o Supremo cantou música japonesa durante passeio de barco, plantou árvore, caminhou por trilha ecológica, provou frutas nativas e se disse extremamente comovido com a recepção do povo brasileiro, em todos os momentos e cidades por que passou.

Ao propor que devolvamos Deus ao centro de nossas vidas, voltando à ordem correta “Deus-Natureza-homem”, o Prof. Masanobu Taniguchi deposita sua confiança na Família Seicho-No-Ie como protagonista e fundadora de uma nova era, na face da Terra – principalmente nos dirigentes e adeptos brasileiros.

É uma grande oportunidade de apreendermos mais a fundo o “Princípio do Relógio de Sol”, e sobre como “registrar” somente a Luz. Com a mente voltada para o Bem, ela projeta um novo mundo ao seu redor – na sua vida e na do planeta.

Informe-se clicando AQUI de como participar dos eventos e decida você mesmo se tornar o próprio Sol de sua vida. Sem perder a oportunidade de BRILHAR nem por um instante sequer, avancemos na divulgação e expansão do Movimento iluminador. Afinal, o que você decide pensar e sentir se torna aquilo que você vê e vive. 

Muito Obrigado! 


Diretora Presidente da Seicho No Ie do Brasil Preletora Marie Murakami
   Diretora Presidente da SEICHO-NO-IE DO BRASIL
Preletora Marie Murakami





A Seicho-No-Ie como resposta aos problemas da atualidade



Reverências! Muito obrigada!

Há uma nova sociedade a ser criada, há um novo destino mundial a ser trilhado. E a Seicho-No-Ie assumiu somar-se a essa intransferível e inadiável tarefa sem rodeios.

No Grande Seminário da Seicho-No-Ie, que será realizado no Ginásio do Ibirapuera no próximo dia 3 de agosto, compreenderemos mais a fundo o nosso papel na construção de uma Nova Civilização.

O evento será orientado pelo Supremo Presidente da Seicho-No-Ie, Professor Masanobu Taniguchi, e pela Suprema Presidente da Associação Pomba Branca da Seicho-No-Ie, Professora Junko Taniguchi, e contará ainda com uma palestra do Presidente Doutrinário da Seicho-No-Ie para a América Latina, Preletor da Sede Internacional Junji Miyaura.

Num momento em que a psicologia dos povos é marcada pelo triunfo da metrópole sobre o campo, e em que o artificialismo e a força bruta geram comportamentos “parasitários” nas pessoas, sejamos o esteio de um novo tempo de amor mútuo e cooperação.

Ao se tornar uma “mensagem” ambulante, fazendo “acontecer” a Gratidão e a Reverência à Vida em si, mais do que uma pessoa feliz, você se torna uma nova “possibilidade” de Deus Se manifestar neste mundo.

Criamos, na Seicho-No-Ie, um espaço para pensar um novo desenvolvimento em conjunto com a Natureza. Num clima global de constantes ameaças e perigos ecológicos, econômicos, bélicos e sociais, nós assumimos nosso papel de buscar religar ética à ação, Deus à ciência e a paz às relações.

O novo, a diferença, a “solidão” no meio da multidão, a fartura convivendo com a miséria, o conflito como “motor” do consumo, essa ânsia de querer parecer “melhor” que o outro, tudo isso nos desafia enquanto religião. Mas nós não nos acabrunhamos. Nós avançamos.

Uma das questões apresentadas pelo Prof. Masanobu Taniguchi é o modo de vida individualista das cidades, que está na “raiz” do problema ambiental.

O individualismo e o excesso de consumo e descarte desembocam no aquecimento global. No Grande Seminário da Seicho-No-Ie compreenderemos o nosso papel espiritual nesse mundo “urbano”, e o quanto “vivificar o agora” agindo de acordo com o “princípio do relógio de sol”, que só registra os acontecimentos bons, contribui para uma Nova Civilização.

É de um “agora” mais harmonioso que surge uma vida melhor. É a pressa que nos envelhece, são os excessos que nos “diminuem”, é a busca cega por posses que “empobrece” a alma.

Quem não vivifica o agora na “pressa da cidade”, “consome-se” por dentro e tenta “suprir-se” com o excesso de consumo de coisas. Recicle seus hábitos e “supra-se” de Deus! As futuras gerações agradecem!

Novas Reverências! Muito Obrigada!














Nenhum comentário:

Postar um comentário