Palavras dos Presidentes




Aspectos para renovar ainda mais a fé: o que trago da experiência no Japão

Reverências, muito obrigado.

É com infinita gratidão que cumprimento aos internautas que nos acompanham, neste mês de outubro de 2016, em nosso website, oportunidade em que convido a todos, tanto os já adeptos quanto os visitantes de primeira vez, a conhecerem mais SOBRE A SEICHO-NO-IE (CLIQUE AQUI).

Após trabalhar por 17 anos e meio na Sede Internacional, localizada no Japão, ocupando funções como a de intérprete do Prof. Seicho Taniguchi (Supremo Presidente da Seicho-No-Ie de 1985 a 2008) e do Prof. Masanobu Taniguchi (Supremo Presidente desde 2009), pude experimentar uma alegria verdadeiramente divina, e uma constante renovação de minha fé.

O cargo de Supremo Presidente é a máxima autoridade da Seicho-No-Ie, em termos mundiais. Por isso, além de uma honra ter atuado lá, foi uma rotina de inteiro servir, protocolar no sentido de convívio – ou seja, extremamente profissional, como mandam os rigores da cultura japonesa, fator que enriqueceu ainda mais a minha experiência.

Como é a primeira vez que me comunico com todos por via de nosso website, penso que cabe uma breve apresentação. Nasci no interior do Estado de São Paulo e, em 1999, fui contratado diretamente pela Sede Internacional. Tal aprendizado se traduziu, em cada minuto que por lá estive, em uma constante renovação da fé. Retorno ao Brasil depois de 17 anos e meio para ocupar o honroso cargo de Presidente Doutrinário da Seicho-No-Ie para a América Latina, por indicação do Supremo Presidente da Seicho-No-Ie, Prof. Masanobu Taniguchi.

Como tive uma criação, aqui no Brasil, com meus pais me repassando tanto a cultura quanto o idioma japoneses dentro do lar, uma vez lá pude me aperfeiçoar nesses dois aspectos. Assim, terei a oportunidade de ser útil, também aqui, no que se refere ao aspecto de comunicação entre Sede Central brasileira e Sede Internacional da Seicho-No-Ie.

Um dos objetivos é tornar cada vez mais fluídos temas centrais difundidos pelo Supremo Presidente e que constam da Diretriz da Seicho-No-Ie, dentre eles: 1) A Seicho-No-Ie é o ensinamento de que todas as religiões emanam de um só Deus Universal; 2) Deus, Natureza e seres humanos são originalmente unos na Imagem Verdadeira, ou seja, no mundo perfeito criado por Deus; 3) Juntos, vamos rumo à construção de uma nova civilização focada no desenvolvimento em conjunto com a natureza (CLIQUE AQUI PARA ACESSAR OS LIVROS DA SEICHO-NO-IE E CONHECER MAIS A RESPEITO DESSES TRÊS PONTOS).

Particularmente, além da alegria de estar de volta ao convívio de companheiros de longa data como o meu amigo Preletor Junji Miyaura, indicado pela Sede Internacional para ficar ao meu lado como Vice-Presidente Doutrinário da Seicho-No-Ie para a América Latina, trago comigo uma palavra dada pelo Supremo Presidente a todos os brasileiros, e também habitantes das regiões Ibero-Americanas e da África Latina: ESPERANÇA.

O Prof. Masanobu Taniguchi se diz muito esperançoso com a posição histórica, cultural e, por tudo isso, estratégica dos povos americanos, pois ele acredita que a religião sempre cumpriu um papel importante na relação do ser humano com a natureza, nestes lados mais ocidentais do mundo (CLIQUE AQUI para conhecer e/ou rever a Política Ambiental da Seicho-No-Ie do Brasil, e obtenha dicas de conservação dos recursos naturais).

Não que seja diferente no restante do planeta, mas ele se refere com ressalva ao caso das Américas e seu histórico religioso, visto que aqui a religião sempre teve um papel importante na forma como foi estabelecida a relação do ser humano com a natureza.

Por tudo isso e por tudo aquilo em que depositamos e acreditamos nossos esforços, deixo meu especial abraço a todos os internautas. Contem comigo e galguemos juntos a renovação constante de nossa fé no Movimento de Iluminação da Humanidade-Movimento Internacional de Paz pela Fé, denominações como também é conhecido o movimento da Seicho-No-Ie.

Novas reverências, muito obrigado.


________________________________________________















Diretor-Presidente da SEICHO-NO-IE do Brasil

Preletor Tuguio Teramae




Nesta vida, somos todos alunos e professores!

Reverências! Muito obrigado!

Neste mês de outubro, envio um abraço especial aos nossos amigos internautas que exercem a importante missão de ensinar: os estimados professores. Numa sociedade ideal, os abnegados professores, envolvidos com a sagrada tarefa de transmitir conhecimentos e exemplo de vida aos seus alunos, seriam os primeiros a serem valorizados.

A profissão de professor não é fácil, mas é muito gratificante. Isso porque o professor é aquele que, além de ensinar, acompanha de perto as conquistas de seus alunos, vê seu crescimento e se alegra com suas vitórias. Pode parecer que o professor somente ensine conhecimentos técnicos, datas, fórmulas complicadas ou novos idiomas. Porém, na verdade, os alunos enxergam muito mais que isso em seus mestres. Eles reparam na postura séria com que seu professor se empenha nos estudos, o amor com que ele ensina e a satisfação em ver a alegria do professor no pleno exercício de seu sacerdócio... Professores são admirados e seguidos por seus alunos. Quantas pessoas já se tornaram professores porque se inspiraram na conduta de um de seus mestres?

Em contrapartida, os professores também aprendem muito com seus alunos. A perseverança diante das dificuldades, a garra em estudar sempre, o comportamento, e, mesmo os problemas pessoais que os alunos trazem para a sala de aula são lições para os professores. A vida é assim: aprendemos e ensinamos ao mesmo tempo!

Muito obrigado a todos os professores do Brasil, pelo amor com que se dedicam à sua missão. Vocês são muito importantes, sobretudo, para as crianças e os jovens, que precisam de bons exemplos para serem bons cidadãos, bons seres humanos e bons profissionais.

Muito Obrigado!

____________________________________________









Presidente Doutrinário da SEICHO-NO-IE
para a América Latina

Preletor Fumio Nishiyama